Dicas para usar cristaleiras na decoração


 

Quase toda casa de vó tem — ou pelo menos já teve — uma cristaleira, não é verdade? Mas sabia que você também pode levar todo esse charme para sua casa? Esse móvel, que surgiu no século XVII, ainda hoje faz muito sucesso em decorações nos estilos clássico e retrô. Elegantes e funcionais, as cristaleiras provam, a cada dia, que de ultrapassadas não têm absolutamente nada. Muito pelo contrário, na verdade! A depender do design da peça e do restante da composição, o resultado pode ser bem moderno. Quer saber como usar cristaleiras na sua decoração? Então continue lendo o nosso artigo e confira nossas dicas especiais: 

 

Use a peça de forma funcional

 

Nada de deixar a cristaleira apenas como enfeite, empoeirando esquecida em um cantinho da casa, viu? Use esse móvel de forma funcional! É bonita por si só? É sim. Mas dá para ficar mais e ainda ser útil? Super dá! Então por que não aproveitar esse potencial todo, não é mesmo? Para isso, separe suas louças, pratarias e seus cristais mais bonitos para armazenar por lá, organizando melhor o ambiente e otimizando o espaço.

 

Saiba como expor seus cristais

 

Nada de colocar os itens de qualquer jeito dentro da cristaleira, ok? Tire um tempinho para categorizá-los e os enfileirar cuidadosamente nas prateleiras. Na parte envidraçada, procure deixar suas peças mais bonitas ou as de maior valor sentimental, desse modo você vai valorizar ainda mais a presença da sua cristaleira no cômodo.

 

Aposte em cores e materiais diferentes

 

Antes mesmo de escolher a cor e o modelo da sua cristaleira, considere a proposta decorativa da casa como um todo. Se ela seguir a linha mais clássica, cristaleiras brancas ou amadeiradas são ótimas escolhas. O estilo vintage, por sua vez, pede prateleiras em pátina ou até mesmo em cores nostálgicas, como o cereja e o turquesa. Já em decorações modernas, ouse optar por uma cristaleira espelhada, de ferro ou em tons sóbrios, como o preto e o cinza.

 

Defina onde colocar a cristaleira

 

Não há muitas regras na hora da escolha pelo local mais adequado para acomodar a sua cristaleira. Para os mais tradicionais, a sala de jantar e a cozinha continuam sendo os melhores espaços para acomodar o móvel. Mas se a sua intenção é inovar, com uma proposta mais inusitada, ponha a cristaleira no hall, na sala de estar, no escritório ou, quem sabe, até no quarto! Aí é pura questão de gosto!

 

Procure ser imprevisível

 

Quebre a monotonia e não tenha medo de ousar dando à cristaleira uma nova funcionalidade. Se essas peças tradicionalmente são usadas para guardar louças, taças e aparelhos de jantar, que tal mudar tudo e usar esse móvel para guardar suas coleções, seus souvenirs de viagens, bibelôs, esculturas, bebidas ou até mesmo seus livros? Afinal de contas, as cristaleiras podem até ter sido criadas para guardar cristais, mas não necessariamente precisam se prender a isso, não concorda? Assim, solte a imaginação e crie novas possibilidades!

 

Cuide bem da nova queridinha da casa

 

Os itens armazenados nas cristaleiras seguem bem protegidos no dia a dia, mas as portas ficam expostas à poeira, à marca de dedos e assim por diante. Para garantir que seu móvel fique sempre limpo, bonito e bem conservado, é importante higienizá-lo periodicamente, usando produtos específicos para esse fim. Imagine ter que se esforçar para desviar o olhar de inúmeras digitais e vestígios de gordura para conseguir visualizar suas lindas taças de cristal, suas lembranças trazidas de Buenos Aires ou sua coleção de discos dos Beatles? Perde um pouco a graça, não acha?

 

Veja também: 
O que são coifas?
O que é um cooktop?
8 grandes motivos para obter uma adega climatizada
Conheça vantagens e desvantagens entre fogões e cooktops